Monday, December 6, 2010

Leva-me ao Reino da Fantasia...

É com esta frase que começa uma das canções preferidas dos meninos da Sala Azul.
Ora pensem lá se já a conhecem...

Canção:"UMA HISTÓRIA DE FANTASIA"

Leva-me ao reino da fantasia
Conta-me histórias do “Peter Pan”,
“Gato das Botas”, “Branca de Neve”,
Sonhos felizes, até amanhã.
Conta-me só mais uma história
A do “Macaco Aviador”
Rabo pelado, nariz torcido
Com a mania que é doutor.
E quando o sono trouxer
Fadas, princesas, heróis
Lobos, bruxas e gigantes
Para o vale dos meus lençóis.
O rapaz há-de chegar
P’ra libertar a princesa
Das garras de um bicho mau
Isso é quase de certeza!
Histórias, histórias de fantasia
Façam-me herói do dia-a-dia
Histórias, histórias de fantasia
Façam-me herói do dia-a-dia

“Zé Carioca” há-de chegar
Num barco lá das Antilhas
Com a “Alice” vai morar
No País das Maravilhas
E se os bandidos vierem
O “lobo”, o “mancha” e os “dragões”
Corre logo o “Asterix” p’ra lhes dar uns bofetões.
Neste sonho bestial Para os bandidos,
um drama Se me descuido ainda acabo
Por fazer chichi na cama!
Histórias, histórias de fantasia
Façam-me herói do dia-a-dia Histórias, histórias de fantasia
Façam-me herói do dia-a-dia
::::::::::::::::::::::::::::::


Inspirados pelas aventuras do "Menino que não sabia o que queria ser", pusemos mãos-à-obra e ilustrámos a sua história, com base nas diferentes etapas da dobragem do barco de papel:
video

Thursday, October 14, 2010

Rimas tridimensionais - palavras que se modelam

Olá a todos.
Adoramos brincar com as palavras e já conseguimos descobrir muitas rimas. Desta vez, resolvemos usar a modelagem em plasticina, para as criar.
Quando identificamos sons idênticos no final das palavras, conseguimos rimar e desenvolver a consciência fonológica, que é um dos pré-requisitos mais importantes para a aprendizagem da leitura.
video

Saturday, October 9, 2010

Mais um ano lectivo e cá estamos de novo!

Sejam todos benvindos ao nosso espaço de partilha.
O tempo não chega para tudo, por isso nem sempre publicamos tantos conteúdos como gostariamos.
Seja como for, começo por vos dedicar um video que retrata o que podemos fazer para criar boas escolas juntos, de modo a facilitar o desenvolvimento/aprendizagem das "nossas" crianças.

Saturday, May 1, 2010

Pequenos arqueólogos

Um dia destes fomos participar numa actividade chamada "Arqueologia em 60 minutos".
- Arqueologia?! Que palavra esquisita...
E lá fomos nós descobrir o que era isso.
Chegámos ao Castelo e tinhamos a Liliana e o Rui à nossa espera. Foi uma alegria vê-los de novo... é sempre divertido fazer actividades com eles.
Aprendemos que a arqueologia é a ciência que estuda o passado através dos objectos que vão sendo encontrados. E ainda que os arqueólogos são as pessoas que estudam essa ciência e aprendem reconstituir a história dos povos através do seus achados valiososos.
A pá, o pincel, o balde e o caderno de registo são as suas principais ferramentas. Aprendem a escavar sem danificar os objectos mas primeiro têm que marcar o terreno.
O Rui e a Liliana tinham preciso de ajuda para descobrir novos tesouros e lá fomos nós colaborar com muito interesse. Ora vejam:

Gostámos tanto de visitar o Museu que nem nos apetecia sair de lá.
Quando chegámos à escola iamos cansados mas felizes!No dia seguinte fizemos lindos desenhos acerca da nossa visita e recordámos as coisas novas que aprendemos.

Friday, April 9, 2010

Pinturas divertidas com bróculos e cenouras!

- Bróculos.... nem pensar! - Disseram uns meninos (que eu não vou dizer os nomes...), quando os viram em cima da mesa.
-Os bróculos fazem muito bem à saúde porque têm vitaminas e para além disso, fazem-me lembrar a Primavera... adivinham porquê?
Era dificil demais... inventaram-se mil e uma coisas (sobre clubes de futebol, penteados malucos, etc...).
Foi então que a Carolina Sequeira descobriu: -parece uma árvore pequena!
- E não é que parecia mesmo?!
Foi assim que resolvemos descobrir se um bróculo se podia transformar mesmo numa linda árvore de Primavera...
Ora vejam estes carimbos especiais:













Foi tão divertido pintar com os bróculos e as cenouras, que da próxima vez experimentamos a comê-los...

Friday, February 12, 2010

Vamos lá imaginar...

Após alguns precalços com a password do blog, cá estamos para vos dar mais noticias.
Sabem onde fica a "Cidade dos Penteados"?! Facil! Basta seguir as pistas que a canção nos dá.
Canção "Cidade dos Penteados"
(José Barata Moura)

Refrão:
Vamos lá imaginar
A cidade do penteado
Onde as casas, p'ra variar
têm cabelo e não telhado.
Na rua da Charamusca
Mesmo junto ao passeio
Há uma casa patusca,
a casa do risco ao meio.
No largo Pinto Calçudo,
Mesmo em frente ao mercado,
há um prédio barrigudo,
o prédio do risco ao lado.
(Refrão)
No beco Sarapintado,
há uma casa escondidinha,
com o cabelo cortado,
mesmo rente, à escovinha.
Logo a seguir na Travessa,
no Jardim dos Girassóis,
há um prédio com a cabeça,
Cheiinha de caracóis.
(Refrão)
Na Praça do Nabo Cozido,
a casa das Três Chaminés
usa o cabelo tão comprido,
que quase lhe chega aos pés.
E na Avenida Maria,
coisa levada da breca!
a casa da minha tia,
Tem o telhado careca.
(Refrão)

Depois de aprendermos esta divertida canção, conversámos acerca dos tipos de casa onde vivemos (prédios, casinhas pequenas de res-do-chão, vivendas, etc.) e conversámos acerca da seguinte questão:
- Porque é que desenhamos as casas quase sempre da mesma maneira, se conhecemos tantos tipos de casas diferentes?
Foi então, que resolvemos criar a nossa própria cidade dos penteados, em época de Carnaval, com lindas cabeleiras coloridas, em vez de telhados. Uma cidade imaginária diferente!

E este palhacinho, dava um belo habitante nesta cidade, não acham? Foi feito pela Íris.
.